‘Get lucky’, do Daft Punk, vira alvo de versões, do samba ao country

Avalie esse post

A música “Get lucky”, do duo francês de dance music Daft Punk, é um dos maiores sucessos de 2013, com mais de 50 milhões de ouvintes apenas do vídeo do canal oficial no YouTube. Na cola do hit, músicos de diversos estilos torcaram o funk oitentista da versão original por ritmos que vão do samba de roda ao country de raiz.

As covers de “Get lucky” também fazem sucesso. Uma delas, tocada pelo “homem-banda” George Barnett, já tem mais de quatro milhões de ouvintes. Veja abaixo lista com versões de “Get lucky”, do Daft Punk.

 

 

Imagem do clipe do Samba de Terraza com versão de 'Get lucky' (Foto: Reprodução/YouTube)Imagem do clipe do Samba de Terraza com versão
de ‘Get lucky’ (Foto: Reprodução/YouTube)

Em uma roda de samba com cerveja, cavaquinho e pandeiros, o hit do Daft Punk ganhou sotaque latino e arranjo de samba de roda. O grupo Samba de Terraza (“samba de terraço”, em espanhol), que tem base em Madri, na Espanha, divulgou sua versão no último sábado (9).

Ouça a versão samba de “Get lucky”.

 

 

 

 

Charles Butler em vídeo com versão de 'Get lucky' (Foto: Reprodução/YouTube)Charles Butler em vídeo com versão de ‘Get lucky’
(Foto: Reprodução/YouTube)

Uma das versões mais inusitadas, apenas instrumental, teve bastante sucesso no YouTube. Mais de 1,6 milhõe de pessoas viram a melodia cantada originalmente por Pharrell Williams virar um solo de banjo, instrumento tradicional do country norte-americano, tocado por Charles Butler.

Ouça a versão country de “Get lucky”.

 

 

 

 

Vanessa da Mata (Foto: Jaqueline Machado/Divulgação)Vanessa da Mata, cuja voz foi base para remix feito
por fãs com  Daft Punk (Foto: Divulgação)

Em uma versão feita por fãs, a voz de Vanessa da Mata no hit “Boa sorte / good luck”, gravado com Ben Harper, foi adicionada à base de “Get lucky”. A versão não foi feita por Vanessa, mas por fãs que notaram a coincidência do refrão com palavras semelhantes e a base que se encaixa bem nas duas melodias. Lançada poucos dias depois da versão original, teve mais de 25 mil ouvintes no site Soundcloud.

Ouça a versão MPB de “Get lucky“.

 

 

 

Imagem do vídeo de 'Quero suerte', do Daft Kumbia (Foto: Reprodução/YouTube)Imagem do vídeo de ‘Quero suerte’, do Daft Kumbia
(Foto: Reprodução/YouTube)

A cumbia, ritmo surgido na Colômbia e popular em países hispânicos da América do Sul, principalmente na Argentina, também tem seu representante entre as versões de “Get lucky”. A letra é em espanhol. A cover que leva a assinatura de grupo chamado Daft Kumbia, de Buenos Aires, já teve 350 mil ouvintes no YouTube e ganhou menção da revista “Rolling Stone” da argentina.

Ouça a versão cumbia de “Get lucky”.

 

 

 

The Stepkids (Foto: Divulgação)The Stepkids (Foto: Divulgação)

O trio norte-americano de soul The Stepkids fez uma versão que mistura jazz ao som dançante de “Get lucky”. Além de Daft Punk, o grupo de Connecticut que se autodefine como de “soul psicodélico”, também registou versão em estilo semelhante para “Suit and tie”, de Justin Timberlake.

Ouça a versão jazz de “Get lucky”.

 

 

 

 

Daughter (Foto: Divulgação)Daughter (Foto: Divulgação)

A banda de indie folk inglesa Daughter, liderada pela cantora Elena Tonra, fez uma versão climática e sombria para “Get Lucky”. A faixa, gravada para o programa de Huw Stephens na BBC Radio One, também já teve mais de um milhão de ouvintes no YouTube.

Ouça a versão indie-folk de “Get lucky”.

 

 

 

 

George Barnett (Foto: Divulgação /  Richard Shakespeare)George Barnett (Foto: Divulgação / Richard
Shakespeare)

Esta versão não traz muitas diferenças no estilo, que ainda segue a cartilha de dance music oitentista do novo disco do Daft Punk. A novidade aqui é a forma de gravação, com voz e vários instrumentos tocados por George Barnett. É a cover de maior sucesso da faixa até agora, com 4 milhões de visualizações.

Ouça a versão “homem-banda” de “Get lucky”.

 

 

 

 

Charles Baptiste na capa do disco (Foto: Divulgação)Charles Baptiste na capa do disco ‘Aussi cool que
toi’ (Foto: Divulgação)

Além da cumbia com letra em espanhol, “Get lucky” também ganhou versão balada romântica com novos versos em francês. Renomeada “Sois heureux”, a faixa com o cantor Charles-Baptiste ganhou tom triste, apenas com voz e piano.

Ouça a versão balada de “Get lucky”.

 

 

 

 

 

Músico cria versões 8-bit de músicas de novo álbum do Daft Punk (Foto: Divulgação/Joe Jeremiah)Músico cria versões 8-bit de músicas de novo álbum
do Daft Punk (Foto: Divulgação/Joe Jeremiah)

O músico Joe Jeremiah tem diversos vídeos fazendo versões de músicas como se fossem tocadas em videogames da geração 8-bit – como o Master System e o Nintendo Entertainment System (NES). Ele gravou com os sons dos videogames antigos uma versão com as “Get lucky” e outras músicas do CD “Random Access Memories”.

Ouça a versão 8-bit para “Get lucky”.